Saúde da mulher: cuidados todos os dias

Estamos em mais um Outubro Rosa, um mês dedicado para conscientização e prevenção do câncer de mama. Atualmente no mundo, são mais de 250 mil mulheres enfrentando este tipo de câncer e de acordo com dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA), são contabilizados 57 mil novos casos a cada ano, com uma mortalidade assustadora de 13 mil mulheres por ano. Por isso, é tão importante falar de uma prevenção que salva vidas.

Com o laço cor de rosa como símbolo, a campanha do Outubro Rosa começou em 1990 com a primeira Corrida pela Cura, realizada em Nova York. De fato, ainda hoje muitas localidades do mundo ainda comemoram com ações como corridas, caminhadas, pedal e principalmente com palestras de conscientização sobre o câncer de mama.

Infelizmente, o câncer de mama vem atingindo cada vez mais as mulheres mais jovens e é o tipo de câncer que mais mata mulheres no Brasil. Estima-se um crescimento de 5 a 10% de incidência deste tipo de câncer nos últimos 10 anos. Provavelmente uma a cada 10 mulheres tem ou terá câncer de mama. Contudo, as taxas de cura são bem altas (95%) quando a doença vem a ser precocemente diagnosticada e esta é a importância da campanha Outubro Rosa.

Câncer de Mama

Em entrevista o médico Ginecologista e Obstetra, Fernando M. V. Marques, que tem especialização em Mastologista pelo Centro de Referência em Saúde da Mulher – Hospital Perola Byington, em São Paulo e que atua junto ao Hospital e Maternidade Oase de Timbó, explica que o câncer de mama é um tumor maligno que se desenvolve nos seios. “Este tipo de câncer é o que mais mata mulheres no mundo, sendo um tipo de câncer mais comum entre as brasileiras depois do câncer de pele não melanoma”.

 

Sintomas:

Dor ou inversão do mamilo

Vermelhidão ou descamação do mamilo ou da pele do seio

Aparecimento de nódulo no seio ou axila

Presença de secreção pelo mamilo

Inchaço irregular em parte da mama

 

Fatores de risco:

Histórico familiar de câncer de mama ou ovário

Não ter filhos

Não amamentar

Uso de pílula anticoncepcional

Reposição hormonal na menopausa

 

Fatores de proteção:

Amamentar

Praticar atividade física

Alimentar-se de forma saudável

Manter peso corporal adequado

Evitar consumo de bebidas alcoólicas

 

Exames

Mamografia anual a partir dos 40 anos

Auto exame das mamas mensal

 

O doutor Fernando, observa ainda que em caso de qualquer alteração ou sintoma, a paciente precisa procurar um mastologista. “Importante observar que a mulher não deve cuidar da sua saúde só no mês de outubro, em razão de ser um mês dedicado a prevenção, mas sim todos os meses, todos os dias do ano. A prevenção é primordial, pois possibilita a cura de qualquer alteração de forma mais rápida e definitiva. É preciso enfrentar a doença, não esperar para ver se vai melhorar. O câncer de mama na atualidade é altamente tratável e curável, sendo que quanto antes o diagnóstico é feito melhor”.

 

Dica de Saúde

As mulheres devem escolher bem os seus parceiros; adotar regras de higiene intima rigorosas e prevenção em dia. Muito amor no coração. Quem ama não adoece.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *