Novembro Azul e os cuidados com a Saúde do homem

Estudos mostram que a saúde, está cada vez mais, relacionada com as escolhas que se faz durante a vida. Hábitos de vida saudáveis e acompanhamento preventivo da saúde ajudam num envelhecimento com qualidade. Contudo os homens costumam deixar a saúde de lado. Geralmente o sexo masculino procura atendimento médico devido a insistência da esposa ou dos filhos. Estudos revelam que a maioria dos pacientes adiam a ida ao médico ou já chegam com a doença em estágio avançados.

As informações são do médico Urologista, doutor Alessandro Mondadori Hoffmann, que atende no Ambulatório do Hospital e Maternidade Oase, de Timbó – administrado pelo Vidas Instituto de Assistência à Saúde.

Segundo o Ministério da Saúde, o homem vive sete anos a menos que a mulher. É importante conscientizar o sexo masculino de se cuidar. A adoção de hábitos de vida saudáveis, atividades físicas regulares, alimentação balanceada, ingestão moderada de bebidas alcoólicas e evitar o tabagismo ajudam num envelhecimento saudável. Com o envelhecimento o metabolismo desacelera, portanto, inclua alimentos mais saudáveis como, frutas verduras, legumes e fibras. Reduza alimentos ricos em carboidratos, gorduras ou frituras.

Entre os maiores fatores de risco para a saúde do homem estão a Hipertensão Arterial, obesidade, diabetes tipo II, dislipidemia. Por isso é importante realizar exames periódicos para acompanhamento ou diagnostico de alguma doença.

Como estamos no Novembro Azul, também é importante falarmos sobre as doenças que acometem a próstata. As principais doenças, que acometem a próstata, são a Hiperplasia de Próstata Benigna e o Câncer de próstata.

A primeira é uma doença benigna, que leva ao aumento da próstata, causando sintomas urinários com jato fraco, levantar várias vezes a noite para urinar, sensação de que a bexiga continua cheia, mesmo após urinar, ardência, urgência para urinar. Geralmente inicia-se o tratamento com medicamentos e se necessário realiza a cirurgia.

O câncer de próstata é a doença neoplásica mais comum no homem. Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), em 2016 surgiram aproximadamente 61000 novos casos. Estima-se que quase 25 % dos portadores de câncer de próstata ainda morrem devido a doença. Atualmente, cerca de 20% dos portadores de câncer de próstata são diagnosticados em estágios avançados. O Câncer de próstata, geralmente é uma doença silenciosa, causa poucos sintomas, somente estágios mais avançados da doença podem apresentar algum sinal. Importante salientar que o PSA e toque retal ajudam no diagnóstico precoce, isso leva uma chance cura muito maior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *