Hospital Oase: atendimento emergencial

O Vidas Instituto de Assistência à Saúde que administra o Hospital e Maternidade Oase de Timbó apoia o Movimento Maio Amarelo, que tem como objetivo chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo. Dados do Ministério da Saúde revelam a importância do tema para a sociedade brasileira, pois em 2015 foram registrados 37.306 óbitos e 204 mil feridos hospitalizados, sendo que o Seguro DPVAT em 2015 teve que efetuar 42.500 indenizações por morte e 515.750 por invalidez. Somente na BR 470, foram registrados em 2016, 1.722 acidentes de trânsito e grande parte destes feridos acabam sendo conduzidos ao Hospital e Maternidade Oase de Timbó.
Preocupados em bem atender as vítimas de acidentes que são conduzidas ao Hospital e Maternidade Oase a direção, através do Vidas, trabalha para oferecer o melhor atendimento emergencial, com todos os equipamentos necessários na sala de emergência, com profissionais bem preparados para atender acidentes de trânsito que na sua maioria são de urgência e emergência. As informações são do diretor Técnico do Hospital Oase, doutor Paolo Piermarini. O Oase tem um Centro de Diagnósticos por Imagem com equipamentos de ponta, um exemplo é o aparelho de Tomografia Computadorizada que vem salvando vidas com diagnósticos imediatos, evitando o deslocamento das vítimas até Blumenau para a realização deste exame.
Outro setor que vem se aprimorando constantemente em cursos e congressos nacionais e internacionais e o grupo de ortopedistas que atuam junto ao Centro Cirúrgico do Hospital e Maternidade Oase. Somente em 2016 o Hospital Oase realizou 3.191 cirurgias, sendo que 1.042 foram na área de ortopedia. Por essa razão a equipe de profissionais trabalha e se qualifica para ser referência em atendimento ortopédico especializado para a população de Timbó, e de toda a região do Médio Vale. As informações são do médico ortopedista, Ricardo Serpa.
O médico ortopedista ressalta ainda que com a implantação de um moderno centro cirúrgico, compatível com os melhores do país, e um avançado Centro de Diagnóstico por Imagens (CDI), junto ao Hospital Oase, é possível cada vez mais oferecer medicina no mais alto padrão. “Em breve teremos uma das mais modernas e preparadas Unidades de Terapia Intensiva (UTI), com equipamentos de ponta além de equipe especializada. Isto agrega ainda mais segurança e permitirá a realização de procedimentos de ainda maior complexidade, equiparando-se aos maiores hospitais do Estado”, frisa Serpa.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *